.

.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

MEU AMIGO TOPO GIGIO !

O ratinho mais simpático e politicamente correto que conheci. De origem italiana, o caríssimo e meigo ratinho possuía orelhas enormes, dois dentinhos, bigodinho e bochechinhas ruborizadas. O danado do Topo Gigio virou uma febre junto à criançada na década de 70 e em pouco tempo se espalhou pelo Brasil inteiro.

Eu e meus irmãos adorávamos seu sotaquezinho italiano. Nós tínhamos cadernos, lancheiras e bolsas escolares. Tudo com a cara do TOPO GIGIO... Escrevíamos cartinhas para ele, cantávamos suas musicas e sonhávamos um dia encontrá-lo.

Durante o programa ele se balançava todinho, jogava uma perninha pra cá, a outra perninha pra lá. Fazia caras e bocas e soltava beijinhos... Enfim, Vivia dando PINTA !!! Como assim? Você também é um daqueles que ainda acha que o Topo Gigio não dava PINTA!!!! Claro que dava.... Somente as crianças "bobas" não percebiam ( eu e meus irmãos sabíamos de tuuuuudo). E por acaso aquele remelexo todo era o que? Golpes mortais de Taekwond e Kung fu ? Me poupem.... Definitivamente Caríssimos! O Topo Gigio foi o primeiro ícone gay de muitas crianças da época: Assumidíssimo! E ele não tava nem aí.... Até de Chapeuzinho Vermelho ele se travestia. Enfim, uma Drag Mirim!

Adorava fazer charminho, ensinando a criançada a escovar os dentes, obedecer a pais e mestres, limpar bem as orelhas e rezar antes de dormir. No finalzinho de tudo, pedia "beijinhos de boa noite".

Era um barato quando ele e o Agildo Ribeiro cantavam: "Meu limão meu limoeiro" (ainda tenho o disquinho dele). Impossível não lembrar da sonoridade de sua voz.

Mas de repente ele sumiu. Dizem que a culpa foi do "Pasquim" e de alguns humoristas da época que o tacharam de gay. Na verdade, ele fez tanto "remelexo" que a mídia duvidou de sua masculinidade, chegando a insinuar um possível caso de amor entre ele e o Agildo Ribeiro. Depois de tanto falatório, resolveram trazer "a futura namoradinha do Brasil", Regina Duarte, para apresentar o programa junto com Agildo Ribeiro. E para completar o disfarse, arranjaram uma namorada para ele... O nome dela era Rose. Foi pior! O "pasquim" começou a dizer que ele agora era bissexual.  Quanto preconceito não? Fico imaginando hoje o Topo Gigio de Drag Queen dublando a Mafalda Minnozzi...(rs!!). Certamente arrasaria do mesmo jeito! Lembro ainda que engoli o choro quando - no último episódio - ele foi embora com uma trouxinha no ombro, olhando pra traz e acenando para nós. Até hoje tenho guardado o boneco do Topo Gigio que ganhei de Neide, prima da minha mãe:


Esta é uma catrevagem que não tem preço : Guardo esse boneco com muito carinho...

Os disquinhos do Topo Gigio fizeram um sucesso enorme junto a criançada... Quem nunca cantou "Meu limão meu limoeiro" imitando o saudoso ratinho.

Molti perdere il mio amico TOPO GIGIO. Spero che un giorno troverete molto felice e luminosa di nuovo dalla fase della vita. Un limone e un bacio per voi ...

5 comentários:

Colinha disse...

Adorei!!!!! Muito bom relembrar do topo Gigio...É verdade!!!! Ainda lembro da bolsa da escola kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Ana Rejane disse...

amei lembrar do topo gigio, lembro do meu caderno do ABC , feito por D MArly,tinha um bem lindo e grande na capa. guardei por anos , infelizmente perdi.tinha todos os meus deveres do ABC.
lembranças......

DULCE CALIXTO disse...

Oi, Marcos, legal esta postagem sobre o Topo Gigio. Eu me lembro muito pouco do Topo Gigio, mas essa musiquinha "Meu limão..." realmente marcou, ainda me lembro do jeitinho gracioso dele cantando: Meu limão, meu limoeiro, meu pé de jacarandá...
Demais. Quando foi? Há uns 40 anos atrás?
Você bem que podia postar um vídeo, né. Sério, mesmo, tem um vídeo no YOUTUBE que foi feito de uma forma muito legal: http://www.youtube.com/watch?v=avYZpLhpn7M. Filmaram o vinil tocando. Eu achei o máximo.
Por favor, por favor, por favor.
Desculpa pela extensão do comentário. Beijos e muito obrigada por trazer essa recordação.

Lia/floripa disse...

"Boaa noiteee, Agildinho" ;)

Gisele Teresinha disse...

Amava o Topo Gigio! Tenho boneco até hoje. Meu limão, mei limoeiro...