.

.

segunda-feira, 29 de março de 2010

LEITE DE COLÔNIA - LIMPA, ALVEJA E "AFORMOSEA" A MULHER !!!!!

Quem nunca escutou falar no Leite de Colônia... Aqueeeele! O primo do Leite de Rosas. Lembrou? Então, refiro-me a esta loção pra pele que há bastante tempo vem dividindo a preferência do povo brasileiro com o também conhecido Leite de Rosas. Algo tipo assim: Você prefere o Leite de Colônia ou o Leite de Rosas? Bem no gênero Emilinha Borba X Marlene. A minha avó era fã numero 01 do Leite de Rosas e não abria mão do seu cheirinho. Já minhas tias “solteironas” eram adeptas do Leite de Colônia. Diziam elas que para pele oleosa não tinha nada melhor... As impurezas da pele não resistiam ao poder adstringente do Leite de Colônia. E alfinetavam: “Não há pele que resista é aos estragos proporcionados pelo Leite de Rosas". E acrescentavam mais... O grande “barato” do Leite de Colônia estava no “pozinho branco” que ficava no fundo do frasco. Como assim??? “Barato” !!! “Pozinho branco”!!!.... Que eu saiba o Leite de Colônia tem “cheirinho” forte, mas é de talco misturado com álcool. Vixe! Vai saber... (Rs!)
 Anúncio da década de 30.
 Anúncio da década de 30.
 Anúncio da década de 30.
 Anúncio da década de 30.
 O Leite de Colonia é uma marca cuja fórmula foi desenvolvida há mais de 50 anos pelo médico “Dr. Arthur Studart”. E a tal fórmula “mágica” até hoje não foi revelada, sendo preservada de geração para geração. É por isso que se diz que ainda não inventaram nada melhor do que Leite de Colônia para limpar a pele. O Leite de Colônia é um tónico facial de origem portuguesa cujo jingle do produto foi fortemente veiculado em rádios e televisões de todo o país. Ainda ecoa na mente dos brasileiros as vozes alternadas de um homem e uma mulher cantando: “De colônia é o leite que você deve usar. Leite de colônia... Para a beleza realçar”. (Veja o link abaixo).
Ele é super baratinho! Encontra-se em drogarias, feiras livres, armarinhos e minemercados (... e nos mega/supermercados também!). O que eu mais gosto no Leite de Colônia é o estilo saudosista dos cosméticos das “Pharmácias” antigas. No inicio foi comercializado em recipientes de vidro e vinha dentro de uma embalagem que mais parecia uma caixa de xarope. E até hoje o tradicional frasco verde - mesmo sendo de plástico - ainda apresenta estilo e traços retrô.
O Leite de Colônia pode ser baratinho e eficaz para muitas coisas meu bem. Mas em termos de economia do produto... Deixa a desejar! Pense num “frasco fresco” pra desperdiçar o conteúdo. Eu já perdi as contas de quantas vezes aquele frasco já virou na pia! O danado do frasco só tinha a tampa e pronto. E não possuía sequer um bico dosador, o que promovia - com a queda - o total desperdício do produto. Dava uma raiva!
Minha irmã mais velha - no tempo dos cravos e das espinhas - inventava uns “unguentos” a base do Leite de Colônia para passar no rosto dela. Lembro ainda do passo a passo: Primeiro jogava-se 05 comprimidos de melhoral (adulto) dentro do frasco de Leite de Colônia. Daí deixava-se descansar uma noite inteira até dissolver “os melhorais”. E depois era só limpar o rosto com algodão e passar o tal “unguento” duas vezes ao dia durante 20 minutos. Se resolveu o problema das espinhas? Acho que sim... Ah! Não lembro... Sei que hoje ela não tem espinhas, já fez plásticas e colocou botox. Pronto! Falei...
O Leite de Colônia está no mercado brasileiro desde o ano de 1960. Mas já existia em Portugal e parte da Europa. O médico “Dr. Arthur Studart” ao desenvolver a fórmula pensou num produto cuja fragrância sequer se aproximasse dos demais produtos do mercado. E parece que conseguiu... Eu particularmente não conheço “aroma algum” que se aproxime da fragrância do Leite de Colônia. Vocês conhecem?

ERA UMA VEZ UMA SOLTEIRONA ...


Luiza, Maria e Rosinha eram três irmãs. Luiza estava casada e Maria já era noiva... Rosinha, porém, usava a maquilagem excessiva, esquecia-se da beleza e era ainda uma “solteirona”. Certa vez numa loja, indicaram-lhe o Leite de Colônia dizendo: “Este é o embelezador da mulher. É o mais vendido e procurado por todas as jovens e senhoras em todo o Brasil.” Rosinha aplicou também o Leite de Colônia, corrigiu as imperfeições e tornou-se tão linda e foi tão feliz no amor quanto suas irmãs. E por lembrar de ser bela... Cupido lembrou-se dela”.


A propaganda afirmava (...e acho que ainda afirma): “O Leite de Colônia é ideal para limpar, revitalizar e tonificar a pele. Dadas as suas características de ação e limpeza profunda. Atua limpando a pele aonde outros não chegam. Protege a epiderme das agressões ambientais do dia a dia, deixando uma agradável sensação de frescura”. Bom, a verdade é que toda loção ou creme para o rosto prometem a mesma coisa. Sem exceção! Inclusive os produtos da “Cosmiatria Francesa”.... Agora, existem “aquelas madames” que se recusam a usar produtos populares. Só usam loções caríssimas e “importadas” para pele. E ainda ousam dizer que nunca escutaram falar no Leite de Colônia. Huuum! Sei... Por acaso elas esperavam ver o Leite de Colônia estampado nas páginas de propaganda da Marie Claire? Me poupem... Saibam que tanto o Leite de Colônia quanto o Leite de Rosas também servem para tirar o mau cheiro das Axilas (sovacos) meu bem... Mas alguns dermatologistas até aconselham o uso do Leite de Colônia/Rosas. Dizem que limpam tão bem quanto qualquer produto importado. Apenas recomendam o uso de um bom hidratante após a limpeza facial... Carolina Dickman que o diga!

 Anúncio da década de 40.
Durante anos foi essa caixa que acomodou o frasco do Leite de Colônia (hoje já não se usa mais). E o frasco em sua embalagem verde escuro era (...e ainda é) inconfundível nas prateleiras dos supermercados e drogarias. Hoje a embalagem passou por um “restyling” e a tampa foi adaptada para dosar melhor o líquido, evitando assim desperdícios (ainda bem!). E o tradicional frasco agora possui novas cores e novas fragrâncias. Além de um novo sabonete aromático, com a fragrância inesquecível do Leite de Colônia.




Vejam o vídeo:

24 comentários:

Pati Araújo disse...

Valei-me Dhotta, vou começar a usar Leite de Colonia para me "aformosear", só uso Leite de Rosas, mas será que ele também promete isso? rsrs ;)
Ri aos baldes...e essa receita de tua irmã, hein? nunca tinha ouvido falar rsrs
Delícia de postagem, como sempre.

Beijos e ótima semana! :)

Socorro Melo disse...

Achei interessante as informações sobre o leite de colônia. Já usei tanto o de colônia quanto o de rosas, mas, confesso que não conseguiram me "alvejar",kkkk

Grande abraço.
Socorro Melo

Katiuscia disse...

As fotos da atriz Katiuscia são do seu blog? Vou colocar seu crédito. As fotos foram enviadas para mim por e-mail por minha irmã. Desculpe.

André R. disse...

Para o blog mais nostálgico da face do cyberespaço: retornei ao blog Há 45 anos, em dobro! Junto com ele, fui convidado para uma série de posts sobre arquitetura toda terça e quinta em www.madeiramadeirablog.com.br

Sempre frequento seu blog e me recoro às gargalahadas do passado.

Tertúlias... disse...

Que maravilha!!!!!!!! Acho este teu "eternizar" uma coisa fascinante!!!! Realmente admirável teu Blog!!!!

GILMAR disse...

OBRIGADO POR ACESSAR O MEU BLOG. FIQUEI FELIZ EM SABER QUE HÁ PESSOAS DE BOM GOSTO QUE ADMIRAM ESTES TIPOS DE POSTAGEM. AINDA HÁ MAIS PARA SER POSTADO. DEUS O ABENÇOE!

Karina disse...

Encontrei hoje esse blog sem querer. Parabéns pelo blog, adorei e já repassei o endereço para amigos :). Espero que em breve tenha novas postagens.

Robson Schneider disse...

Nossa,engraçado eu tinha implicância com o leite de colonia por causa da cor da embalagem. Aquele verde sempre me pareceu sem sentido... Vá entender por quê?
Abraço meu caríssimo

Robson Schneider disse...

Não precisa publicar este.
Respondi seu comentario por email...

Lidia Ferreira disse...

kkkkkkkk meu querido gostaria de saber aonde vc consegue essas joias raras rsrsrs
bjs

Abdoul Hakime Goul Djounoubi عبد الحكيم گل جنوبی disse...

Pra mim, tem que ser Leite de Rosas, afinal eu sou uma flor, né bem...

Teu blogue é óptimo, aparecerei mais vezes sim, se Deus quiser, para examinar o produto com atenção mais acurada.

Au revoir.

PS.: Isto não é nenhuma mentira, mas nunca vi Leite de Colônia em mercado nenhum, nem em Farma´cia nenhuma, só o de Rosas. Não sabia que era uma invenção portuguesa. Agora, fiquei mais apaixonado ainda pela Terrinha.

Pati Araújo disse...

Oi Dhotta,

Adorei o seu comentário, realmente o último andar é tudo de bom...e vc colocou a cereja no bolo *rsrs*, a minha catfilha Flor de Lis =^..^=

Beijos e ótima semana! :)

Lusa Vilar disse...

"Minha irmã mais velha - no tempo dos cravos e das espinhas - inventava uns “unguentos” a base do Leite de Colônia para passar no rosto dela. Lembro ainda do passo a passo: Primeiro jogava-se 05 comprimidos de melhoral (adulto) dentro do frasco de Leite de Colônia. Daí deixava-se descansar uma noite inteira até dissolver “os melhorais”. E depois era só limpar o rosto com algodão e passar o tal “unguento” duas vezes ao dia durante 20 minutos. Se resolveu o problema das espinhas? Acho que sim... Ah! Não lembro... "

(Muito bem Dona Côla, nunca passou essa receitinha pra gente, nem pra Ivani , minha prima, que sempre foi sua melhor amiga!)

Dhotta, eu me lembrei da receita de laquê para os cabelos, que Leninha sua prima fez. Era à base de álcool e breu. Colocou esse líquido em um frasco vazio de desodorante e o pai dela, Seu Miguel, que era seu tio,desavisado pôs nas axilas. Quando foi abrir os braços soltou um grito de pavor: "Acode Socorrinha! (a esposa dele), eu estou todo colado, kkkkkkkkk

Adorei a postagem, esta embalagem do leite de colônia permanece gravada na minha memória e ainda mais no meu coração, porque minha mãe não dispensava, alternadamente, o uso do leite de rosas e desse famoso leite de colônia.
Um beijo,
Lusa

Renato Hemesath disse...

Oi Marcos!
Nossa, eu fico de cara com a riquesa de detalhes que você trás nestes posts. É muito interessante que estes pequenos ítens que até poderiam ser mais um na prateleira tem um significado, uma história. . . e sua críticas e alfinetadas, claro.

Eu usava, claro.
Optava por "Leite de Rosas" mas depois de uma experiência de uma amiga que ouviu uns comentários relativos ao cheiro forte na pele, optei por não usá-lo antes de sair, haha

Enfim, teu blog é um encanto! parabéns!

Marco disse...

Grande Marcão!
Rpaz, vou te dar uma informação pessoal em primeira mão: eu uso o leite de Colônia faz tempo como desodorante. Eu não tenho mau cheiro no suvaco, mas sabe-se lá o porquê, minha pele não se dá bem com nenhum desodorante, pode ser em bastão, spray, pomada, o escambau. A pele fica irritada e deixa marca nas minhas camisas. O único que não me dá assaduras é o Leite de Colônia.
A sequência de propagandas antigas está fantástica! Vi embalagens do meu tempo! quando a gente procurava vidro para fazer cerol, os dos leites de Rosas e Colônia não serviam pois tinham um pozinho que arruinava o cerol.
bela postagem. Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Marcos Vinicius Gomes disse...

NEste post apenas faltou o Povilho Antisséptico 'Granado', que acho é muito mais velho que o Leite...Abs

Paulo Braccini disse...

Inacreditável o que vejo por aqui ... delicioso mesmo ...

;-)

Farmácia Turcifalense disse...

Para a beleza realçar.

Mocinha Kawaii disse...

Muito boa e completa. Contou a história toda do Leite de Colônia. Eu uso como demaquilante facial. Tira as cracas da make todinha. Acho engraçado que tem muita menina que vira a cara pro leite de colônia por ele ser baratinho. Mas se é bom e barato, porque não usar né?
Adorei seu blog, o design vintage me conquistou. Tá na minha barra de favoritos.
Se quiser dar uma olhada no meu blog:
http://mocinhakawaii.blogspot.com

Danykapower disse...

Mocinha, eu tb não tenho vergonha de usar tanto o Leite de Rosas como o Leite de Colônia para limpar meu rosto antes de dormir. Muito bons, baratos e cheirosos.
No dia em que uma atriz de Hollywood contar ao mundo que usa Leite de Colônia pra limpar a pele, tenho certeza que as "moderninhas" hipócritas daqui vão querer usar também. Ou será que a memória do brasileiro é tão curta a ponto de esquecer que, por exemplo, as sandálias Havaianas já foram taxadas um dia de calçado dos favelados?

Meu desabafo acima não serve somente como crítica, mas também para lembrarmos que gostamos das coisas que usamos não por estar em voga ou pra nos dar status diante da sociedade como a nossa tão calcada no capitalismo; gostamos por saber que têm qualidade e, mesmo com a difícil concorrência dos cosméticos "de grife" importados, ainda conquistam novas (os) admiradoras (es), como eu.

Beijos, Mocinha, beijos, Dhotta, e a todos os outros participantes do blog!

Sara disse...

Eu acho que estes são os antecessores de fragrâncias de hoje no mercado podem e devem ter orgulho deles, mas acho que o dia moderno, sem dúvida, ultrapassá-los, como os perfumes ralph lauren ou outros também.

Chantal disse...

Eu o uso há milênios! Não só limpa a pele, como também faz desaparecer espinhas que estão começando a nascer. É só fazer uma prova: lave bem o rosto com qualquer tipo de sabonete ou gel ou creme. Passe o Leite de Colônia com um chumaço de algodão em seguida e observe que o algodão ainda sairá sujo.
Para as meninas e adolescentes aconselhava-se a não usar o produto puro, mas misturado com um pouco d'água.
Acredito que sua comercialização no Brasil tenha sido por volta dos anos 40.
Parabéns pela sua paixão em resgatar essas pérolas!

Kakau disse...

Adorei a "história" do Leite de Colônia. rsrs As imagens, as descrições, tudo minunciosamente pensado! Parabéns! Lembro-me de quando criança minha médica ter indicado o tal leite para solucionar o problema de mal odor nas axilas.... essa semana fui ao mercado e passei a mão num vidro... só que agora para o meu filho! rs Olhe só, sou prova de que realmente faço parte da história, passando de geração em geração... rsrs. Só fiquei um tanto preocupada, pois a embalagem diz que não pode ser utilizado em crianças, mas não especifica a idade. Como usei quando criança, mais ou menos na mesma idade, e estou aqui pra contar a história... acho q vou confiar! rs
Parabéns pelo blog e sucesso!

André Monteiro disse...

Adorei a postagem. Só queria tirar uma dúvida se existe diferença entre as cores além do aroma.
O efeito é finalidade soa os mesmos ?
Um abraço.