.

.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

INDIGNAÇÃO !!!


Deixo de lado o bom humor - que sempre permeou minhas postagens - e abro espaço para manifestar minha total INDIGNAÇÃO. Quero que saibam caríssimos leitores e blogueiros amigos que fui acusado de RACISMO. E em consequencia desta acusação estou sendo processado por um grupo militante dos Direitos Humanos. E querem saber o porquê? Simplesmente porque me recusei a alterar uma postagem que fiz no dia 13 de Janeiro deste ano, intitulada: " SABONETES COM AROMAS DO PASSADO". Nesta postagem eu me refiro ao sabonete PHEBO como "o pretinho básico que me satisfaz..." e mais adiante faço referência ao mesmo sabonete como: "meu escurinho e glicerinado sabonete PHEBO..." Estas poucas linhas foram suficientes para que o meu Blog Caríssimas Catrevagens fosse indiciado como: "possuidor de conteúdo racista e discriminatório". Confesso que isso me deixou bastante triste. Principalmente porque NÃO HOUVE uma intencionalidade racista nas minhas palavras e muito menos pretensão de agredir a quem quer que fosse. Fica claro em meu texto que me refiro especificamente ao sabonete em questão e não a origem racial das pessoas. Enfim, é com enorme pesar que me despeço dos meus fieis leitores e amigos blogueiros por um determinado tempo, até que essa questão se resolva judicialmente. E que fique bem claro que NÃO VOU aceitar a alcunha de RACISTA imposta por esse grupo de defensores dos Direitos Humanos, principalmente porque NÃO me sinto como tal. Apenas acho o seguinte: A partir do momento em que eu "retificar esses trechos" presentes em minha postagem, estarei automaticamente confessando uma intenção que NUNCA existiu. E para mim, tudo isso não passa de uma CENSURA INFUNDADA que vai de encontro à minha liberdade de expressão. E também faço saber que não estou pondo em pauta o mérito da lei que trata da discriminação. Muito pelo contrário, eu CONCORDO que o RACISMO precisa ser combatido e extirpado de nossa sociedade. Minha pretenção é tão somente clarificar a acusação que me foi feita injustamente por essa entidade de classe, pois não chamei NINGUÉM de "pretinho ou escurinho", fiz referência UNICAMENTE AS CORES DO SABONETE que uso e não às pessoas. Portanto, Caríssimos e Caríssimas, exibo novamente a postagem para que vocês possam analisar se o meu texto tem cunho RACISTA ou não. A opinião de meus leitores e amigos é muito mais importante do que o julgamento feito por esse grupo que me acusa. Cujas pessoas costumam exagerar naquilo que chamam de "politicamente correto" e ficam analizando tudo ao pé da letra, vigiando cada ponto e cada vírgula de tudo que é dito e/ou escrito por nós blogueiros. Espero que entendam meu afastamento temporário e meu posicionamento também. Eis o texto:





SABONETES COM AROMAS DO PASSADO





Caríssimos e Caríssimas! Hoje falarei de Sabonetes com marcas e aromas do passado... Tudo isso porque nas últimas festas de final de ano (Natal, confraternizações, amigos secretos...) recebi nada menos que, "nove caixinhas" de sabonetes da Natura. Caríssimos e Caríssimas, eu disse: Nove caixinhas de sabonetes da Na-tu-ra! Quase surtei, só não fiquei sequelado devido ao bom trabalho do meu terapeuta (creia!). Geeente! Qualquer pessoa que tiver acesso a este artigo - imediatamente - vai pensar que sou extremamente fedorento e que não tomo banho há séculos e séculos amém. Esperem, logo entenderão o motivo de tanta indignação... Bom, Imagine que cada caixinha contém três sabonetes, daí 03 x 09 igual a 27 sabonetes, ok! Levando-se em conta que um sabonete nas minhas mãos dura em média 06 dias. Isso quer dizer que 06 x 27 perfaz um total de 162 dias tomando banho com sabonetes da Na-tu-ra... NUUUNCA! Nem sob tortura. E que fique bem claro que não é nada contra a Natura e seus produtos (que por sinal, adoro os perfumes dessa marca). Acontece o seguinte, quem me conhece sabe que – tradicionalmente - e HÁ ANOS, só tomo banho com sabonetes PHEBO, o pretinho básico que me satisfaz. Só ele pode deslizar e fazer espuma no meu corpinho. E não adianta me presentear com sabonetes de outras marcas que NÃO vou usar. Este sabonete me remete aos tempos de minha infancia e possui o cheiro do meu saudoso PAI. E podem continuar me chamando de ultra/brega/radical, mas vou continuar FIEL ao meu escurinho e glicerinado sabonete PHEBO. Portanto, amigos/as presenteadores/as de sabonetes de quaisquer outras marcas, acostume-se com o meu cheirinho de PHEBO por mais uns cinqüenta anos! Foi muita ousadia dos meus amados e caríssimos amigos. Um verdadeiro complô para que eu deixasse de usar PHEBO... Sinto muito! Mas a estratégia não funcionou. Absuuuuuuurdo, me senti uma quase Salada de Frutas. Muito pior, a própria Carmem Miranda com uma fruteira na cabeça. Sim, verdade. Tinha sabonete de tuuuudo quanto era tipo de frutas: manga, pitanga, cupuaçu, maracujá, castanha e até de andiroba e priprioca! Geeente! Cheguei a pensar o pior: "Será que não estão querendo me matar com sabonete envenenado de andiroba com priprioca? Corri imediatamente na Wikipédia pra ver do que se tratava. Então, foi aí que me senti aliviado, pois descobri que Andiroba é uma planta medicinal da região Amazônica que serve para fazer velas que ajudam a repelir o mosquito da dengue (Oxe! como assim? imagina se vou usar um troço desses) e Priprioca, uma planta de raízes aromáticas, também nativa da região amazônica, mais conhecida como Piripirioca ( será que tem algo a ver com o "mêlo do piripiri" da Gretchen?). E eu pensando que se Priprioca não fosse veneno, seria algo do tipo: A prima distante da tapioca... (Eita Dhotta! Menos, menos... Não dispersa! Não! dis-per-sa.) Tá booom! Agora, no dia que inventarem sabonetes com as plantas nativas do meu sertão, tipo: mandacaru, aveloz e xique-xique, pensarei se vou tomar banho com outra marca que não seja PHEBO. Enfim, para encurtar essa estória, eu sou do tempo do sabonete LUX, REXONA, PALMOLIVE, GESSY, SEIVA DE ALFAZEMA,VALE-QUANTO-PESA, ALMA DE FLÔRES, BIO-CREMA, MYRURGIA (Maja, Maderas, Promesa), EUCALOL, LEVER, VINÓLIA, SOLIS, LIFEBUOY, CINTA AZUL, SENADOR, LAVANDA MEMPHIS, SUPER ORIGINAL, ANN BOW, FRANCIS E PHEEEEEEBO !!! Portanto, Caríssimos e Caríssimas, re-visitem agora os aromas, as cores, as embalagens e as propagandas dos Sabonetes que marcaram "ÉPOCA" nas nossas vidas... Divirtam-se.

36 comentários:

cristinasiqueira disse...

oi Dhota,

Sua indignação é legítima.
Lamento,lamento mesmo.
Nós seus leitores de tão afinado blog ficamos a ver sabonetes...
Que pena!


Com carinho,

Cris

Angela Ursa disse...

Marcos, pelo que li, você apenas estava se referindo à cor do sabonete Phebo tradicional, que também lembra a minha infância.
Apoio você e acho um absurdo processarem você por algo que você não fez. Espero que tudo se resolva logo. Beijo da Angela Ursa!

Jôka P. disse...

Nossa, que falta de senso de humor desse sujeito que deu pra se ofender com absolutamente nada ! Será que toda vez que me chamarem de lourinho eu vou me ofender ? E branquelo, gringo, russo ? Será que vou processar quem me chamar de louro burro ? Caramba, isso é uma reação de alguém muito complexado, paranoico e que não certamente está enxergando bem. Tenho a certeza de que se isso fosse parar na justiça, qualquer juiz, branco, negro ou asiático ficaria furioso contra o sujeito que criou um processo e que fez tanta gente perder tempo com isso.
Ah, então fale do sabonete Lux, um branquelo muito cheiroso (como eu) e gartanto que não vou me ofender nem um pouco. Ao contrário.

tertulías disse...

Este Blog É uma maravilha... indignado ou noa, voce é dono de um talento danado, menino. simplesmente fiqeui preso aqui... hipnotizado como o pouco que li... voltarei, voltarei e voltarei... agora, may I ask you something? Já fui chamado de "barata branca"... nao é também discriminatório????
deixa eu correr.... quero colocar-me logo como tei seguidor- nao posso perder nada! Love, Ricardo

Anônimo disse...

Caríssimo Dhotta! Sua INDIGNAÇÃO também é minha... Como pode alguém em sã consciência pensar que seu texto possui cunho racista e preconceituoso. Muito me admira esse "Grupo" que se diz militante de uma causa tão nobre como são os DIREITOS HUMANOS, se equivocar dessa maneira? Lamento por vc e por nós... Infelizmente estaremos privados de seus belíssimos textos. Espero que tudo se resolva logo para ter-te de volta.

Luiz Renato Borgh

Andrezza, Leandra e Milla disse...

Querido, nós aqui do GAROTAS ABSURDAS estamos pasmas com tamanho A B S U R D O !!!! Como podem acusar o Caríssimas Catrevagens de possuir cunho RACISTA !!!! E tudo isso por causa de um post mal interpretado... E o que é pior,interpretado por um grupo de pessoas cuja maturidade intelectual é duvidosa. Sim, pois acredito que o nivelamento cultural desse grupo mal ultapassa o... Deixa prá lá. Não vamos perder tempo julgando o que não se tem o que julgar. Saiba que estamos com vc meu amor!!! Te amamos tá!

João Carlos de Jesus disse...

É a indignação mais digna de se sentir e expressar. Porque pessoas que se dizem antiracistas são as primeiras a expressarem seus preconceitos com essas idéias distorcidas. É fácil perceber que não há nada de errado em seu texto, basta ter o coração aberto e os olhos lúcidos.
Quero registrar o meu apoio a seu blog e a seu texto.
E que se restabeleça a lucidez!

João

Augusto Campello Mendes disse...

Meu querido Dhotta! Bem sabes que sou leitor assíduo de teu blog há bastante tempo e confesso que já li e escutei todo tipo de coisa nesses 62 anos de vida. Mas nunca tinha visto tamanha HIPOCRISIA em nome do que literalmente entendo por militância em prol dos Direitos Humanos... Que se lute por idéias e ideais, que se lute por uma razão quando se tem. Agora, lutar apenas para fundamentar uma pseudo ideologia de violações do direito? Há! Não... É demais para mim. Pode contar comigo meu caro! E não retifique aquilo que você escreveu tão dignamente. Pois o medíocre discute coisas e fatos e o sábio discute idéias e ideais. Fica bem para retornar melhor ainda...

Lusa Vilar disse...

Meu amigo, quem não fica indignado com uma coisa dessa?

Certa vez, alguém afirmou que cachorro também é gente. Agora pergunto eu,
SABONETE TAMBÉM É GENTE?

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO
Ministério Público do Distrito Federal e Territórios
SOBRE A LEI 7.716/89 – LEI DE COMBATE AO RACISMO

Discriminação e Preconceito:

"DISCRIMINAR: significa promover qualquer tipo de distinção, exclusão, restrição ou preferência.

A ação discriminatória dirige-se a outra pessoa no sentido de privá-la (ou dificultar ou limitar) do acesso ou gozo de determinado bem ou direito.

A estrutura do comportamento discriminante reclama a presença mínima de dois sujeitos, daquele que discrimina e daquele que é discriminado, sem excluir a hipótese em que todo um grupo de pessoas é discriminado.

A relevância penal do racismo depende da constatação de uma prática discriminatória, ou seja, de uma ação ou omissão que produza (ou ameace produzir) um dano concreto a alguém."

Quem foi que denunciou você? Foram os outros sabonetes?

Alguém está precisando ler esta Lei, na íntegra, para ajudar aos brasileiros a se livrarem do preconceito e da discriminação racial e permitir que eles exerçam o direito de escolher sabonetes pretos ou amarelos, azuis ou vermelhos, brancos ou verdes, contanto que saibam respeitar todas as raças, cor, etnia, religião e procedência nacional.
Fique tranquilo, absurdo não tem sustentação.

Robson Schneider disse...

O que me emputece com força é que virou uma caça as bruxas essa chatice toda... que MERDA isso! não percebem que isso promove o verdadeiro racismo.Meu Deus que raio de mania de perseguição é essa e que auto-estima dilacerada ... daqui a pouco a cor preta vai ser proibida na cartela de cores, nos tecidos, nas tinturas de cabelo, etc etc... pois até o fato de menciona-la será crime de racismo.
- Por favor Srta. me dê uma caixa de tintura afro-brasileira ou seja lá que pais onde estará sendo comprada...
O que mais me entristece é que a africa é tão lindamente colorida né?!. Além do mais eu acredito que esse tipo de atitude faz promoção do preconceito onde ele não está...
Abraço
Ps: E o tal sabonete Phebo poderia ser multicolorido que eu continuaria odiando o cheiro...

Enaide alves disse...

Olá, Dhota, como sua conterrânea e conhecendo a sua família e tendo a certeza que a você não foi passado nenhum tipo de preconceito é que concordo contigo. não tens mesmo que aceitar o cerceamento de tua livre expressão, não tens mesmo que modificares o teu texto; porque nele está bastante claro que tu te referes as cores; e tu tens o direito de gostar, preferir.

Será que seremos processados por gostar por ex: do azul, do vermelho do verde e por aí vai.

Será que vão processar o fabricante do tal sabonete por ter escolhido a cor do sabonete em questão?

Será que vão processar os enamorados por gostarem do escurinho do Cinema? ver a letra da música flaga de Rita Lee.

As cores são todas lindas, elas estão aí no universo, e cada um tem a sua preferência, ísto tudo é só uma questão de preferência.

Gente de Deus! vamos sermos mais tolerantes, vamos respeitar os gosto e as preferências das pessoas.

É isto, fica aqui a minha indignação e o meu protesto, você não merece mesmo está passando por isto, e lute pelo seu direito de livre expressão, porque pelo que sei ainda vivemos numa democracia.

Enaide Alves de Lima.

Jannine disse...

Dhota, querido,
conte comigo para o que preciso for, não sou racista de forma alguma e acho que as pessoas estão confundindo censura em alguns casos, e o proprio preconceito que carregam dentro de si, e por isso causando transtornos desnecessários como este.
O que me cheteia na sua situação é, além da injustiça em si, o fato que saber que tantas coisas mais importantes estão acontecendo, uma violência desmedida, uma miséria desmedida, uma politicagem safada, e algumas pessoas começam o ver "cavalo de chifre, onde não há nenhuem unicórnio"...enfim.
Beijão e fica bem.
p.s. No meu blog tem o meu e-mail se quiser é só entrar em contato.

Marco disse...

Marcos... Esse processo, esta alegações SÃO A COISA MAIS RIDÍCULA QUE EU LI NOS ÚLTIMOS TEMPOS! acho que você devia divulgar os nomes das pessoas que estão lhe processando. E mais: já que elas entraram com um processo contra você, veja com seu advogado se você pode entrar com um processo CONTRA ELAS ALEGANDO CALÚNIA, INFÂMIA, OFENSA PESSOAL.
Que coisa mais absurda! Não se pode usar as palavras "preto" e "escurinho"? E se você usasse a expressão "meu sabonete afrodescendente favorito", será que eles se aplacariam? Olha, parece uma piada de mau gosto... Você tem a minha total solidariedade. Espero e torço para você não deixar a blogosfera. Fiquei muito orgulhoso de sabe que o meu Antigas Ternuras te inspirou.
Força, companheiro! Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

vandinha disse...

minha nossa q absurdo meu amigo Dhotta!!!!!!!!!!! tanta coisa nesse mundo p fazer pelas pessoas q sofrem discriminção disso e daquilo............. e um simples sabonete causar uma polêmica dessas????te conhecendo como te conhecemos ,sabemos q sua intenção foi singela,carinhosa e não descriminataiva.ave maria q PAIS é ESSE????????? tô estarrecida meu amigo!!!!!!!!!!!!! + com fé na santa vc sai dessa. ave maria msm.!!!!!!!!!1 abraço

Cara de 30 disse...

Olha, eu também uso os sabonetes PHEBO. Só que agora tenho comprado das mais diversas cores para variar um pouco do afro-descendentinho básico. Aliás, será que a PHEBO criou estas outras cores por ter sido processada por este mesmo grupo que te inferniza? Boa pergunta, não? Mande um e-mail para a fabricante e veja qual foi a saída que eles utilizaram para se livrar de tal acusação... Talvez se você escrever um post somente sobre as outras cores maravilhosas deste sabonete o tal grupo retire as acusações contra você. Vai saber...

Abraço e força na sua luta.

Anônimo disse...

Marcos,quero aqui deixar minha solidariedade e te dizer que pessoas como essas não tem olhos nem sensibilidade para entender um texto maravilhoso como o seu, você tem é que processar estas pessoas por calúnia, ESTA É A VERDADE! muita sorte para você amigo! volte logo! seu blog e maravilhoso, perfeito.
Luz para você
Ana

Anônimo disse...

Mais uma coisa, modificar seu texto!JAMAIS! ele é a grande prova de sua total inocência.
Muita Luz
Ana

Tacito Gueiros disse...

Penso, em primeiro lugar, que se tratam de PRETENSOS defensores de Direitos Humanos. Afinal, se alguém tem o direito de sentir-se disciminado, esse alguém é o sabonete rosa de pitanga da marca tão presente em seu aniversário (melhor nem mencionar o nome, né? vai que dá processo...).

Não conhecia seu blog, mas faços votos de que toda essa (me faltam os termos, tb nao quero tomar um processo) pendenga não se prolongue, e que prevaleça o bom senso. Até porque estou me tornando freqüentador do blog, e não gostaria de esperar tanto por novas postagens. Um grande abraço, com o mesmo odor de rosas presente no sabonete de coloração escura e embalagem amarela com brasão vermelho.

Elaine disse...

Olá!
Estou acompanhando seu blog para manifestar meu apoio a você em relação esta bobagem. Tem tanta coisa realmente séria acontecendo e esses daí ficam se prendendo a besteiras. Estou apoiando porque realmente não vi duplo sentido em seu post.
Espero que se resolva tudo logo e você volte a postar. Pois abandonar o blog é dar razão aos críticos exagerados e descabidos.
Beijos.

Marco disse...

Grande Marcos,
Quando puder, apareça lá no blog.
Carpe Diem.

Graça disse...

Lindo Marcos, vc é superior a tudo isso, meu querido,acredite! não se preocupe, esteja tranquilo...
Amei seu blog, que acabo de conhecer através do Marco Santos,e vou visitá-lo sempre tb.
Bjs e volte logo.
Em tempo: vc escreve muito gostoso.

Anônimo disse...

Olá,
Sou amiga do Marco do Antigas Ternuras e fiquei indignada com sua acusação. Como disse ao Marco, infelizmente o mundo está cheio de gente que quer ganhar dinheiro as custas dos outros...
Espero que isso nao te impeça de blogar, pois já vi que é um espaço muito bacana.
Meu apoio à vocÊ!
Um beijo,

Claudinha ੴ disse...

Olá Marcos. Lamento que eu tenha voltado aqui e encontrado um absurdo destes. O Marco nos alertou sobre o que está passando e saiba que tem muita gente solidária a você e mais, concordo plenamente que deva rebater o processo. Este pessoal não tem mais o que fazer!

Espero que isto não o desnime de postar!

Beijo!

Gilson Medeiros disse...

Ridícula acusação caro amigo! Isto é um verdadeirio retrocesso aos dias atuais. Se ao menos houvesse fundamento, ainda vá lá. Mais nem isso. É totalmente injusto! Não se refere à cor da pele de seu ninguém, apenas a um sabonete de cor preta... E daí? Esse PHEBO deve ser um Sabonete FODÃO mesmo. Preocupa-te não Marcos, isso não procederá... Já aconteceu comigo algo parecido. Certa vez escrevi um artigo em que citei a palavra NEGRINHA referindo-me a alcunha de um personagem presente no texto... Enfim, fizeram o maior rebuliço e não deu em nada. Coragem Cabra !!!

Maria José - Mazé - disse...

Que viagem foi essa? De certo não leram o texto com atenção... Vai saber? Um abraço Marquinhos

Diego Meneses disse...

Uma grande falácia ideológica... Desde quando o sabonete PHEBO foi elevado à condição de ser humano? Sabonete tem raça é ? Se é verdade que o sabonete PHEBO sente-se constrangido ao deslizar no corpo de alguém, por favor me avisem... Pois nunca mais tomarei banho com ele!! Apesar de gostar muito mais do verdinho glicerinado. Só rindo mesmo tá! Um carinho para ti Marquinhos. Vou postar algo no meu Blog em sua defesa também. Fica na PAZZZZZZZZZZZZZ.

Luma disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tina disse...

Oi Marcos!

Absurdo total o ocorrido,coisa sem nexo. Seu post em nada "discriminava ou ofendia" ninguém. Absurdo!

Pena que só te conheci agora, espero que não desistas de blogar.

Grande abraço,

Armando Maynard disse...

Era só o que faltava meu caro Marcos. Aceite minha solidariedade e que volte a nos brindar o mais rápido possível, com suas postagens de grande valor cultural. Um abraço, Armando.

Diz disse...

Vc está certo em estar indignado, não há referência a cor como racismo e preconceito- não se pode mais escrever um vestido pretinho básico?
que horror! para mim preto é uma cor.
E o Phebo é escuro, mesmo.
Não é mais?
e agora?
boa sorte.
Laura

T disse...

Caro Marco:
Um abraço de Portugal. Se fossemos assim tão politicamente correctos, como podíamos falar do passado? Quase toda a publicidade dos anos 20 e 30 empurra a mulher para tarefas domésticas e agradar ao marido...
Quanto à questão das cores, nós em Portugal temos a figura do preto da Casa Africana, baseada nuuma personagem que existiu de facto e era paquete numa grande loja. Já a postei também.
Há exageros de controle que são uma rematada parvoíce. Um beijo para si Marcos e não desista de postar!

bueno disse...

Oi Marcos, obrigado pela visita surpresa e principalmente pelo elogio. venha sempre que quiser, as portas estao abertas, mesmo que ultimamente tenha postado bem menos. Que loucura essa história do Phebo, voce foi mesmo processado? Quem souber ler, vai ver que nao existe razao lógica para essa assocíacao. Eu sou do tempo de quando a palavra meu nego era coisa carinhosa. Um abraco e bom fim de semana.

Augusto Campello Mendes disse...

E num é que o sábado amanheceu sorrindo para mim...Pois você esta de volta e livre desse pesadelo que acompanhei tão de perto, né amigo? Bom, isso agora é passado... E vamos cascavilhar mais catrevagens para poder postar. Quanto a lenda do Negrinho do Pastoreio, ela fez história na minha vida também. Quantas vezes perdi a chave da casa, documentos importantes, objetos... Lembro que certa vez perdi minha aliança de casamento e quase fui expulso de casa (rs!). Mas o Negrinho do Pastoreio me fez o gentil favor de descobrir onde estava. Havia deixado em casa de minha irmã, juntamente com meu estojo de barbear... Enfim, sou muito grato ao Negrinho do Pastoreio. E quero dizer que tanto eu quanto adalgisa estamos muito felizes com o seu retorno. Te temos como a um filho, bem sabes disso. Abraços

ana de toledo disse...

Olá Sr. Dhota!
Que bom que você está de volta. Talvez um pouco partido e doído, mas volte com força que todos estamos aqui apoiando cada bela e delicada postagem sua.
Receba o abraço de
Ana de Toledo

Linda Simões disse...

Dhotta querido! Indignação mesmo! Onde já se viu uma coisa dessas? Está clarissimo no texto que a referencia foi feita as cores do sabonete! Chamo meu marido de" Neguinho",muito carinhosamente.Será que vou ser chamada de racista tbm? Um absurdo... Bjs,fica bem,tudo vai ser resolvido.Viva a liberdade de expressão!

Joceli disse...

Olá Marcos, creio que você se inspirou no "pretinho básico" tão recomendado por especialistas em moda, desta forma quase todos os textos de moda precisariam ser reescritos pois também estariam causando constrangimento a alguem... que absurda esta acusação. Te desejo sorte e quero também agradecê-lo por seu blog. Obrigada, Joceli.