.

.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

O SABONETE EUCALOL E SUAS "FAMOSAS ESTAMPAS".


O sabonete EUCALOL ocupa um capítulo todo especial na história da higiene pessoal no Brasil, bem como, no campo publicitário nacional também. A princípio (em 1926) revolucionou o mercado brasileiro como sendo o primeiro sabonete “verde” à base de eucalipto a ser vendido em todo o país, o que gerou certa rejeição do público brasileiro acostumado apenas com cores mais suaves, tipo o branco e o rosa. Depois, para cair no gosto popular, lançou mão em 1930 de uma campanha de publicidade jamais vista na época: Decidiu colocar estampas diferenciadas dentro das embalagens dos sabonetes para incentivar o colecionismo, e com isso aumentar as vendas e o faturamento da empresa. Através do formato de brindes, as estampas do sabonete Eucalol viraram uma febre entre a população. Sua aceitação foi tanta que as tais estampas passaram a ser consideradas um material incentivador da cultura; possuidor de cunho didático e um ótimo referencial de aprendizagem. No entanto, a chegada das multinacionais – LEVER e PALMOLIVE – enfraqueceu as vendas do EUCALOL, retirando em 1957 as estampas do mercado, bem como acelerando o ritmo para que no ano de 1980, a empresa que produzia o sabonete EUCALOL abrisse falência definitivamente. Lembro muito pouco do aroma desse sabonete, mas o nome forte de EUCALOL marcou bastante minha infância.

Os sabonetes EUCALOL - em meados da década de 50 - lançou campanhas publicitárias destacando as estrelas nacionais, em contraponto às campanhas promovidas pelo Sabonete Lever que enfatizava o glamour das estrelas internacionais.
 Bibi Ferreira e Aimee
Maria Della Costa e Dulcina de Morais
Tonia Carrero e Eros Volúsia

Emilinha Borba
Eva Todor e Ilka Soares

Bibi Ferreira e Heloísa Helena
A nova embalagem dos sabonetes EUCALOL ( década de 50)

Norma Benguel


2 comentários:

Lusa Vilar disse...

Olá Dhotta, eu estou adorando as tuas perfumadas catrevagens.

Adriana Campos disse...

Gente!! Amei o seu bem-humorado blog! E como você, eu sou uma saudosista dos talcos, sabonetes e cheiros de "antanho"...! Que maravilha encontrar tantas fotos e lembranças daquela época.
Encontrei seu blog quando procurava na busca de imagens do Google a foto de um talco que eu usava quando tinha 8 anos, na década de 60, chamado "Mistral"... era um cheiro tão gostoso!!!
Um abraço!